Pesquisar neste blogue

quarta-feira, janeiro 07, 2009

ainda há gente decente

perante as evidências
"a Venezuela expulsa o embaixador de Israel como forma de protesto contra os crimes cometidos sobre os palestinianos"
.
"mais um dia, mais um massacre, mais deliberações diplomáticas, mais silêncio, mais cumplicidade"
Laila El-Haddad,
in "Diário de uma Mãe Palestiniana"
.
A proposta de cessar fogo do Egipto é apenas mais uma forma de conspiração americana- israelo-árabe. Quaisquer conversações sobre Paz entre Israel e o Hamas devem partir do principio do cancelamento do vergonhoso acordo de fronteiras assinado entre Israel e a Autoridade Palestiniana em 2005, que deu origem à guerra civil entre a Fatah e o Hamas (Kawther Salam)
.
A partir de agora "a guerra" tem intervalos sanitários diários para a siesta dos facínoras e para assistência às vítimas. O corredor autorizado e aberto para auxilio humanitário desemboca literalmente no posto fronteiriço entre Gaza e o Egipto onde estão os soldados americanos. Um sofisticado posto de controlo estabelecido após a "guerra dos 6 dias" que foi aqui descrito quando passou o documentário "Sinai Field Mission" no último DOCLisboa

Sem comentários: