Pesquisar neste blogue

sexta-feira, junho 05, 2009

bom proveito,,,






e "bardamerda para o fascista"

Portugal é maioritariamente progressista, esgotou-se o tempo
para aturar neocons, logo ganham os que não vão vortar;
a grande surpresa é se, na direita da direita

"Os partidos tornaram-se imagens (de comícios insufláveis) mediadas pela televisão. Para mudar aquilo que está mal é necessário muito mais. Só forças políticas inseridas na sociedade e que mobilizam as pessoas podem fazer a diferença entre umas eleições e um fim de semana"
Nuno Ramos de Almeida, no 5Dias, citado pelo jornal I

Sem comentários: