Pesquisar neste blogue

quinta-feira, junho 06, 2013

O Exército israelita anunciou no domingo que instaurou um processo disciplinar a um grupo de mulheres-soldados que postaram fotos sensuais no Facebook, informa o jornal britânico Daily Mail. Não se sabe o que mais incomodou os generais, se a insuficiência do fardamento ou a exuberância do armamento.

O Exército Israelita (IDF) está a elaborar uma directriz oficial que define o comportamento aceitável em redes sociais para os membros de unidades altamente classificadas. Outras unidades sensíveis serão proibidas de identificar-se como soldados, ou fazer upload de fotos onde se mostrem de uniforme, realtou o jornal Haaretz. Um oficial de alta patente daa Direcção de Operações disse que nações inimigas obtêm muitas das suas informações sobre o IDF das redes sociais. Os militares descobriram recentemente perfis do Facebook falsos feitos em nome de alguns comandantes de alto escalão. O IDF (1) é ele próprio activo nas redes de Media sociais, e o mais vulgar dos militares tem usado o Twitter para difundir contra-informação em escaramuças virtuais contra os combatentes do Hamas, o movimento que representa de facto a sempre adiada nação da Palestina 

(1) Sem dúvida é deveras intrigante que Israel, assinalado como possuidor de 80 ogivas nucleares, chame às suas forças armadas "Forças de Defesa de Israel" quando outra coisa não fazem senão atacar e cometer crimes sobre populações indefesas 

5 comentários:

Vapera disse...

Caro Xatoo,
Observo que o judeu foi hibridizado por deus, assim é deveras nocivo copular com judias, pois há o risco de deterioração racial.
Já basta o que esses seres já poluiram as raças com seus marranos e cristãos novos.
Se não gostamos de comportamentos dessas criaturas, por que haveriamos de desejar os úteros geradores desses comportamentos genocidas, pederastas, pedófilos, sádicos, rapaces, egoistas e covardes???
Não achamos no lixo enão podemos colocar no lixo!!!
E essas criaturas mostram perfeitamente o tipo de "mulher" que são. Agentes do femem!!!

Bate n'avó disse...

Não percebo porque lhes causou tanta ereção, está tudo explicado no livro de um ex-massada (Victor Ostrovsky: Mossad – Os segredos da espionagem israelita), em que o ex-artista explica logo no inicio do livro, há um grupo??? (quase todas se sujeitam) de mulheres israelitas de alto gabarito, estilo Heidi Klum, em que só servem para satisfazer, seja, despeja colhão, das mais altas patentes do estado!
Altas cobóiadas de ferro ao fundo com tudo à descrição da rapaziada e o pessoal aqui no fap...fap...fap...
Hoje, já vou pedir à mulher mais loiça para lavar à mão...

xatoo disse...

boa dica
O livro é da "Prefácio" editado em 1991 mas existe na rede de bibliotecas de Lisboa

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Bate n'avó disse...

Como já li o livro há mais de vinte anos, houve partes que escrevi na minha entrada anterior que não são justas, segue a minha correcção. A página que faço referencia é a seguinte: (Maçaricos - página 119), + ou - 3º. parágrafo.
Se tudo corresponder à verdade do autor, o dito livro é uma "bíblia" impressionante!
Aproveitem a feira do livro, pq de certeza há ainda uns exemplares à venda a bom preço. Não se vão arrepender...
(Mossad- os segredos da espionagem israelita/ victor ostrovsky e claire hoy _ Difusão Cultural).