Pesquisar neste blogue

quarta-feira, julho 09, 2014

Grande adesão à Greve dos Médicos (II)

na Politica como no Futebol, caríssimos Portugueses, não é a expectativa de um qualquer D.Sebastião que nos pode salvar, mas o Trabalho de Equipa. E a Equipa, caros concidadãos, somos Nós, não é o treinador e assessores (adaptado do facebook)

Na sequência das denúncias do acordo TIFT da Europa com as Corporações norte-americanas que visam entregar vastos sectores dos serviços públicos e prestações sociais como novas áreas de negócio a esses grandes monopólios dirigidos pela alta finança internacional -
cabe aqui recordar que é esta politica ao mando de interesses estrangeiros
  que vem sendo posta em marcha...

No final da manifestação dos Médicos de ontem (a greve repete-se hoje), expresso pelos diversos intervenientes em representação de mais de 90% das respectivas organizações dos profissionais da saúde foi referido que "esta é mais uma etapa da luta: a luta vai ser dura e não acabou hoje. Para além das denúncias das patifarias e provocações do ministro para tentar desmobilizar a greve, reafirmou-se a determinação dos médicos de prosseguir a luta pela defesa do serviço nacional de saúde. Repetidas vezes foi ainda gritado pelos manifestantes: A luta continua, ministro para a rua!. E a seguir ao ministro vai o governo todo!. O MRPP esteve representado por uma delegação sua, embora isso não fosse noticia, a par com a barragem informativa feita pelos Media a esta greve.

...........

1 comentário:

Anónimo disse...

O Teste de Stress ao BES e, o outcome(para os expertos papagaios-O Costa deve-se estar a 'fazer' a um bom tacho no BCE...).BES International ,na falência aqui : http://www.eutimes.net/2014/07/germany-races-to-stop-us-backed-july-terror-attack/