Pesquisar neste blogue

quarta-feira, fevereiro 27, 2013

um mundo, dois sistemas

27 de Fevereiro de 1990 - faz hoje 23 anos a Duma, o parlamento soviético, aprovou a criação de um sistema ao estilo presidencial ocidental que deu a Mikhail Gorbachev novos e amplos poderes para estabelecer eleições directas para os cargos ocupados pelos representantes populares.

Disse então o charlatão que se tratava de "retornar ao poder do Povo de acordo com o pensamento de Lenine", enquanto Gorbachev se ia abotoando com interesses pessoais no Ocidente (através da sua Fundação livre de impostos), actividade que culminou com a publicidade à venda de malas da Louis Vuitton.

Obviamente, do que se trata é de duas concepções de organização da sociedade diametralmente opostas, uma centrada no propriedade colectiva, outra na propriedade privada. Assim, o exemplo clássico de uma luta entre dois antagonistas que se digladiam até à morte será o de Leónidas quando esbarrou com Xerxes; desafiou-o este: "as minhas flechas serão tão numerosas que obscurecerão a luz do Sol", ao que lhe respondeu o outro: "Tanto melhor, combateremos à sombra!" - e sentaram-se os dois à mesa. 
Porém para os espectadores, a Luta Continua

Ouçam o vosso destino, ó moradores de Esparta,
Ou a vossa famosa e grande cidade deve ser saqueada
pelos filhos de Perseus,
Ou, se isso não acontecer, toda a terra da Lacónia,
Irá lamentar a morte de um rei da casa de Hércules,
Pois nem a força de leões e touros irá segurá-lo,
Força contra força, pois ele tem o poder de Zeus,
E não terminará até que um dos dois seja consumido


"Leónidas nas Termópilas", Jacques-Louis David, 1814 
.

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.