Pesquisar neste blogue

domingo, agosto 31, 2014

"A economia, (capitalista) essa ciência esotérica"...

Avolumam-se os sinais de que a Europa enfrentará em breve uma segunda vaga da crise iniciada em 2007/8, a primeira vaga provocada pelo colapso dos fundos financeiros sobre o imobiliário nos Estados Unidos, a segunda pela estagnação das economias na Europa face ao colapso da bolha das dívidas soberanas para onde têm vindo a ser transferidos todos os prejuizos das contabilidades tóxicas do sistema bancário. O ataque ao Euro pelos emissores da moeda de referência global, o Dólar e a Libra, assemelha-se enormemente com o mesmo tipo de ataque que foi levado a cabo pelo imperialismo do Dólar contra o Yene japonês em 1992, o que provocou uma década perdida no Japão, numa das mais fluorescentes economias na época. Dito pelos próprios conservadores, jamais o Japão recuperou os antigos indices de crescimento e progresso. Os alertas sobre o mesmo tipo de colapso que afundará ainda mais a Europa prende-se evidentemente com a decisão da Reserva Federal de suspender a emissão de mais dólares, como o BIS avisou, o FMI previu e aqui se disse... para "ajudar a economia"
(a deles)
A capa de ontem da edição para a Europa da revista "The Economist" é reveladora. Num barco de papel semi-afundado feito de uma nota de 20 euros seguem, à proa, Merkel e Hollande. Lá atrás, Mario Draghi retira baldes de água de dentro da embarcação. O título resume: "Aquele sentimento de naufrágio (uma vez mais)". E conclui-se no jornal privado do regime: É neste "sentimento de naufrágio" europeu, agravado por problemas criados por nós próprios, que temos vivido os últimos seis anos. Seis anos!", uma posta assinada pelo editorialista de serviço Henrique Monteiro

É uma mentira grosseira do Expresso do Monteiro que os problemas do euro "tenham sido criados por nós próprios"; nós quem? os do nicho de mercado dos tipos da laia dele.

Os problemas do Euro foram criados pela exportação de fundos financeiros titularizados em dólares e que foram "vendidos" aos bancos europeus para serem integrados numa cadeia de especulação pura. Como o BCE não pode emitir moeda e emprestá-la directamente aos Estados (ao contrário da FED e do Banco-de-Inglaterra que pode fazer dinheiro na quantidade que lhes apetecer) a Dívida daí resultante acabou por ser assumida - por estes "governantes" europeus sem espinha dorsal - como Divida Soberana dos Estados. É a maior falcratua de sempre na história, que está a afectar o paradigma civilizacional europeu, o que até aqui tem vindo a ser o modelo social que ilumina as aspirações de muitos povos do mundo. Concluindo, ou o sr. Henrique Monteiro está dizer que esta vigarice foi feita pelos tipos que lhe pagam os salários (não o assumindo frontalmente) ou o sr. Monteiro é um trafulha, um canalha, um vendido!

6 comentários:

Thor disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
xatoo disse...

como venho dizendo, e repito, expressões insultuosas não são admitidas neste espaço.
Quanto à infima parte racional do comentário: se a crise do chamado subprime começou em 2007/8, ela faz parte de uma série de crises ciclicas próprias do sistema capitalista, de ciclos longos e ciclos curtos. Porquê em 2003? se antes houve o colapso do Nasdaq em 2001 na origem directa da saída para o 11 de Setembro? - a cimeira das Lajes é um efeito da crise geral do capitalismo, não a causa de nenhuma crise em particular, muito menos a portuguesa. Lá que o Barroso se tenha aproveitado para a agravar isso já é outra conversa para uso caseiro

Thor disse...

a França estava em recessão em 2003. e Portugal também.
farto de revisionistas e manipuladores da história.
não te estou a acusar de seres mentiroso.
a minha acusação não foi contra ti, mas contra os manipuladores do sistema, os comentadeiros, etc
tu apenas te limitas a fazer "copy-paste" do que te dizem ou ouves dizer.

Thor disse...

porquê, perguntas tu? por causa do Euro.
porque com o Euro, TODOS os preços duplicaram. e a crise europeia começa aí.
e é isso que os palradores e comentadeiros nunca dizem, porque não querem que se saiba, não querem que tu saibas.

alguma vez antes entre 2003 e 2007, Portugal esteve "fora da crise"??
a isso chama-se o quê Xatoo? não é revisionismo e manipulação da história?
claro que é. não encontro outro nome.

Thor disse...

http://www.publico.pt/economia/noticia/cadilhe-portugal-esta-em-recessao-grave-desde-20022003-1321506


notícia de 2008.
esta e só esta, é que é a verdade. tudo o resto é propaganda para símios.
não estou a meter o ónus da culpa em ti, mas nos propagandistas do sistema que te enganaram.
a ti e a muitos outros.
mas a mim não enganam nem vão enganar nunca.
podem passar mais 20 ou 30 anos que comigo nunca hão-de reescrever a história.

xatoo disse...

"a mim não enganam nem vão enganar nunca"! finalmente, a humanidade está salva!, há sempre um espertalhão mais esperto que os espertos.
Mais uns anos de estudo e chegas lá, vais ver: a causa dos nossos males domésticos foi de facto a criação do Euro, mas os causadores da crise (que é global e permanete sob o capitalismo) são os accionistas do Dólar que atacaram financeiramenmte o sistema económico-social da Europa (como antes tinham atacado a URSS, a ponto de a conseguirem desmembrar